MENU Cadastre-se / Entrar
25300

PAUTA
Informação e música em harmonia

Dona Iracema apresenta seu caatincore desafiador no plural disco Balbúrdia

Dona Iracema apresenta seu caatincore desafiador no plural disco Balbúrdia (Foto: Rafael Flores)

Banda baiana mistura rock/metal com elementos regionais e se posiciona abertamente sobre assuntos polêmicos

Postado em 21 de August de 2019 por

O rock é contestador e transgressor de barreiras. Pode ser o que quiser – vale tudo, quando feito com responsabilidade e compromissado com verdades. Esta pluralidade consciente, sintetizado como caatincore, é o ponto de partida da banda baiana Dona Iracema, de Vitória da Conquista, que acaba de lançar o diversificado Balbúrdia. O álbum é um lançamento do selo Orangeira Music e já está disponível nas plataformas de streaming.

A Dona Iracema é Balaio (vocal), Diegão Aprígio (vocal e contrabaixo), Anderson Gomes (vocal e guitarra) e Oscar Sampaio (vocal e bateria). Todos os quatro integrantes contribuíram para o surgimento de Balbúrdia, que nasceu em ideias individuais levadas ao coletivo e que se transformam em música. Trata-se de um álbum milimetricamente planejado, da pré-produção à quantia de faixas para compor. A produção é assinada pelo baiano André T, “um cara que acreditou no nosso trabalho. Apostou na gente”, afirma a Dona Iracema. 

“Volta Pra Casa João” é o primeiro single – e que também ganhou videoclipe -, com participação do icônico baiano Luiz Caldas. A voz e a guitarra são características. “Luiz Caldas agregou a guitarra baiana que é a cara dele e da Bahia, trouxe tempero”, conta o baterista. É uma música que soa antiga e moderna, com a sensibilidade de colocar pessoas da comunidade LGBT+, pois este detalhe dialoga diretamente com a letra da música. Assista ao clipe:

Balburdia já nasce com um recorde mundial: contém a música mais curta do mundo! É “Centro do Universo”, um filosófico resumo da existência humana com a mesma força e ferocidade da rápida “You Suffer”, do Napalm Death. Confira a menor música do mundo:

Dona Iracema também faz músicas essencialmente roqueiras: “Não vai dar certo” possui riffs com groove a lá heavy metal, com o típico refrão impactante, para serrar os punhos e cantar junto “Eu Quero é ver mundo cair/Por riba da minha cabeça”

Tem ainda a pesadíssima “Apocalipse Iracemático”, com participação de Enzo Fernandes (ex-guitarrista da banda): um petardo! Imagine um instrumental que beira o thrash brandando “toquem seus adufes/suas violas batam caxixis/com altiva voz proclamem/bufem, soprem seus clarins”, mas capaz de abrigar um interlúdio com swingueira baiana. 

Será no Festival de Inverno Bahia 2019, dia 24 de agosto, em Vitória da Conquista, que a Dona Iracema terá a primeira oportunidade de tocar as músicas de Balbúrdia. “É um evento de grande relevância, com público gigantesco. Será maravilhoso. Vamos experimentar esse formato novo de show, devemos tocá-lo na íntegra. Estamos preparando algo bem interessante, puxando bastante a participação do público”, comenta o baterista Oscar.

O show oficial de lançamento do disco em São Paulo também já está marcado, será dia 6 de setembro na Feeling (Vila Mariana), na mesma festa que celebra o início das atividades da Orangeira Music como selo. Isso tudo à noite, mas antes, à tarde, no mesmo dia 06/09, a banda se apresenta ao vivo no Release Showlivre e você pode acompanhar ao vivo no Showlivre.com.

Luto. A TV brasileira se despede de Rodrigo Rodrigues, apresentador e músico

Luto. A TV brasileira se despede de Rodrigo Rodrigues, apresentador e músico (Foto: Acervo Showlivre)

Ele passou pelo Estúdio Showlivre por duas vezes com sua banda The Soundtrackers

Postado em 28/07/2020 por

A TV brasileira está em luto. Além dos profissionais da TV, o futebol brasileiro e muitos do meio musical lamentaram a morte do apresentador e músico Rodrigo Rodrigues, 45 anos, que faleceu hoje (28/07), vítima de trombose venosa cerebral decorrente da Covid-19.

Carismático e bem humorado, sem contar o profissionalismo reconhecido por muitos, Rodrigo Rodrigues deixou amigos por onde passou. Ele se apresentou duas vezes com a sua banda The Soundtrackers no Estúdio Showlivre, em 2010 e 2012.

Fundador da banda, Rodrigo Rodrigues queria unir sua paixão pela música e pelo cinema em cima do palco, criando a banda que tinha apenas trilhas sonoras de grandes filmes em seu repertório. Os integrantes sempre se apresentavam com figurinos inspirados em personagens da história do cinema, desde os filmes do Elvis, passando pelos dos Beatles, homenageando clássicos como Sem Destino, Embalos de Sábado à Noite, até chegar em De Volta Para o Futuro, Caça-Fantasmas e Footloose.

Nascido no Rio de Janeiro, Rodrigo teve passagem por várias canais de TV, como TV Cultura, SBT, ESPN Brasil, Band, Gazeta e Esporte Interativo. Atualmente ele era apresentador do SporTV. Além do esporte, Rodrigo era jornalista cultural e ainda lançou alguns livros.

Em 2009 o apresentador Thunderbird entrevistou Rodrigo no programa Thunderview, confira como foi a entrevista:

Personalidades do jornalismo, futebol e da música se manifestaram em suas redes sociais lamentando a perda e relembrando momentos ao lado de Rodrigo.

Showlivre 20 anos – Pixote

Showlivre 20 anos – Pixote (Foto: Acervo Showlivre)

Relembre as passagens do grupo de pagode no Showlivre

Postado em por

Pixote é um dos principais grupos de pagode e estão na ativa desde 1993. Nesses 20 anos de Showlivre, o grupo passou pelo nosso estúdio três vezes, sendo um dos artistas que mais se apresentaram no Estúdio Showlivre e também um dos que mais fez sucesso. Relembre as duas últimas passagens deles por aqui em 2017 e 2019.

Sobre o Showlivre: Showlivre.com é, desde sua fundação, em 2000, um dos principais divulgadores da música brasileira. Sem se prender a rótulos, produz apresentações ao vivo de artistas de todos os estilos musicais. Do samba ao rock, passando pelo funk, pop, indie e heavy metal. Registrando todas as tendências do século XXI e resgatando tesouros do século passado.

Confira as apresentações do Pixote no Estúdio Showlivre:

PIXOTE NO ESTÚDIO SHOWLIVRE – 2017

CLIQUE AQUI E OUÇA NAS PLATAFORMAS DIGITAIS

PIXOTE NO ESTÚDIO SHOWLIVRE – 2019

CLIQUE AQUI E OUÇA NAS PLATAFORMAS DIGITAIS

Showlivre 20 anos – Emicida

Showlivre 20 anos – Emicida (Foto: Acervo Showlivre)

Rapper apresentou o álbum ‘O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui’ ao vivo no Showlivre

Postado em 21/07/2020 por

A passagem do Emicida pelo Estúdio Showlivre em 2013 é mais uma das apresentações marcantes nessas duas décadas. Foi a segunda passagem do rapper pelo nosso estúdio, em apresentação que começou com o hit “Hoje Cedo”, que fez sucesso em sua versão original com participação da Pitty, e também outras faixas do álbum ‘O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui’.

Sobre o Showlivre: Showlivre.com é, desde sua fundação, em 2000, um dos principais divulgadores da música brasileira. Sem se prender a rótulos, produz apresentações ao vivo de artistas de todos os estilos musicais. Do samba ao rock, passando pelo funk, pop, indie e heavy metal. Registrando todas as tendências do século XXI e resgatando tesouros do século passado.

Confira a apresentação de Emicida no Estúdio Showlivre:

Showlivre 20 anos – Pitty

Showlivre 20 anos – Pitty (Foto: Acervo Showlivre)

Em 2014 a Pitty apresentou o álbum ‘Setevidas’ ao vivo no Estúdio Showlivre

Postado em 14/07/2020 por

O Showlivre está completando 20 anos de existência e para comemorar essa marca histórica estamos resgatando algumas das apresentações que marcaram essas duas décadas de muita música.

Pra começar e celebrar a semana do rock, escolhemos a apresentação da Pitty no Estúdio Showlivre em 2014. Uma das principais figuras do rock nacional das últimas décadas, a roqueira baiana apresentou o álbum ‘Setevidas’ ao vivo em nosso estúdio.

Sobre o Showlivre: Showlivre.com é, desde sua fundação, em 2000, um dos principais divulgadores da música brasileira. Sem se prender a rótulos, produz apresentações ao vivo de artistas de todos os estilos musicais. Do samba ao rock, passando pelo funk, pop, indie e heavy metal. Registrando todas as tendências do século XXI e resgatando tesouros do século passado.

Confira a apresentação da Pitty no Estúdio Showlivre:

Dia Mundial do Rock! 50 lançamentos do rock nacional durante a quarentena

Listamos aqui alguns dos principais lançamentos recentes do rock brasileiro em seus diferentes formatos

Postado em 13/07/2020 por

Muita banda resolveu seguir lançando suas músicas normalmente durante a quarentena, adiantar lançamentos futuros e até mesmo fazer produções próprias para a ocasião. Com essa chuva de novidades no palco atual que é a internet, fizemos aqui uma lista de 50 lançamentos do rock brasileiro durante o período de confinamento devido a pandemia para celebrarmos o dia mundial do rock com novidades e música boa. Vamos lá!

(LISTA EM ORDEM ALFABÉTICA)

ANOVA | A banda de pop rock Anova foi formada em 2015 na cidade de Carapicuíba (SP). Seus 2 singles mais recentes são “Essa Mina é Da Hora” e “Se Quiser me Encontrar”, ambos lançados durante a quarentena. Confira o clipe da dançante “Se Quiser me Encontrar”:

ARTE KEROSENE | A banda paulista Arte Kerosene lançou o single “Qual é a Sua?”. Com destaque para o groove e batidas empolgantes, a música tem produção de Michel Kuaker (CPM22, Ratos de Porão, Edgard Scandura) e participação de Wagner Bernardes no teclado. A sonoridade de ‘Qual é a sua?’ gira em torno do riff da linha de baixo, centrada num groove repetitivo. A ide é mesmo ser hipnótico, tanto que o refrão não tem letra – segue uma mesma melodia, mais elaborada, do verso. Ouça:

BLACK PANTERA | Impactado pelo racismo recorrente na sociedade e inflamado pelo assassinato de George Floyd, o Black Pantera transmite sua mensagem de indignação através de uma música e clipe inéditos que foram lançados. “I Can’t Breathe” está disponível no canal oficial da banda no YouTube e em todas as plataformas digitais. Assista ao clipe:

CAMURÇA | Banda lançada durante a quarentena, a Camurça já lançou 2 singles, 1 álbum e 1 EP, esse o mais roqueiro, em suas plataformas digitais. O EP ‘Nuncacabando’ contém três faixas, todas elas compostas por Enzo Camurça, e produzidas por Matheus Brasil. O lançamento se deu justamente por conta do necessário período de quarentena. Confira o lyric video de “Frente Fria”:

CANTO CEGO | A banda Canto Cego lançou uma nova versão para “Vida Rendeira”, faixa que integra o seu mais recente álbum. A novidade conta com a participação da cantora e compositora Juliana Strassacapa, vocalista da banda Francisco, El Hombre. A artista divide os vocais da canção com Roberta Dittz, dando uma nova dimensão para a faixa presente no segundo álbum do grupo, lançado no ano passado. Confira:

CATEDRAL | Famosa pelo hit “Eu Amo Mais Você”, sucesso no fim dos anos 90, a banda Catedral lançou uma versão acústica para a música “Estações”. A canção é um dos maiores sucessos da banda e está disponível em todas as principais plataformas digitais. Catedral que é formado por Kim (voz e guitarra/violão base), Júlio Cézar (baixo e solos) e Guilherme Morgado (bateria), nasceu no Rio de Janeiro e já tem mais de 30 anos de estrada.

CEFA | “Impulso” é o primeiro single do segundo álbum de estúdio dos curitibanos da Cefa e apresenta de forma direta o conceito “caos”. Com momentos sonoramente caóticos e pesados, o single é um retrato nada otimista sobre o cenário atual, em que conceitos arcaicos são cada vez mais glorificados por uma sociedade que se mostra cada vez mais preconceituosa, materialista e excludente.

CIDADE DORMITÓRIO | O novo álbum da banda sergipana Cidade Dormitório, ‘Verões e Eletrodoméstico’, esta disponível em todas as plataformas digitais. O trabalho consiste em rearranjos de músicas dos dois primeiros trabalhos da banda em versões eletrônicas, produzidas em casa neste período de isolamento social. Confira “Besa” em versão remix:

CORAZONES MUERTOS | A banda Corazones Muertos lançou o clipe e single “Home Alone” (Xaninho Discos), single gravado, mixado e masterizado por Michel Kuaker. Na sequência lançou também o single “Wherer the Action Is”. A banda abriu recentemente o show da banda The Hellacopters em São Paulo, o clipe foi gravado e dirigido por Luiz Costa e editado por Ziggy Mendonça. Assista abaixo “Home Alone”:

CPM 22 | A banda CPM 22 lançou em seu canal no YouTube o clipe da música “Por Quê?”, que faz parte do álbum ‘A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum’ (2000). O clipe foi lançado no formato de lyrics, onde é mostrada a letra da canção com imagens ao fundo. A música faz parte do primeiro álbum de estúdio da banda, que coleciona alguns sucessos como “Regina Let’s Go”, “O Mundo Dá Voltas”, “Peter” e “Anteontem”. O clipe é um aquecimento para o relançamento do álbum nas plataformas de streaming. Na época, a produção teve apenas 4 mil cópias distribuídas. Confira:

DEAD FISH | O Dead Fish lançou seu novo clipe, “Não termina assim”, do seu último álbum lançado, “Ponto cego”. A criação e edição do clipe ficou por conta de Rafa Godoy. A canção contém duras críticas ao Brasil atual, assim como a animação feita para o vídeo. O vocalista e compositor da música, Rodrigo Lima, declarou: “Sempre me foi mais confortável por muitos motivos, me colocar no papel de trabalhador, como qualquer um em qualquer meio. Esse clipe, definitivamente funde as coisas”. Assista ao clipe:

DETONAUTAS | Produzida pelo Detonautas Roque Clube durante a quarentena, a música “Fica Bem” (Tico Santa Cruz/ DRC), foi gravada pelos membros da banda, cada um em seu home studio.  No Mobilia Space, Tico gravou sua voz –  estúdio do Fabio Brasil, que também gravou sua baterista. Mixada por Marcelo Sussekind, com masterização de Ricardo Garcia (Magic Master), “Fica Bem”chega pela Sony Music e está disponível nas plataformas digitais. “Fiz esta música no início da quarentena. Cheguei a postar nas redes sociais uma versão violão e voz, no mesmo dia em que criei. As pessoas gostaram tanto que resolvemos gravar com a banda completa. Emociona, arrepia e faz chorar de alegria.”, ressalta Tico Santa Cruz. Confira:

DINGO BELLS | A banda Dingo Bells lançou em abril o single “Para pra Pensar”. Formada por Rodrigo Fischmann (voz e bateria), Diogo Brochmann (guitarra e voz), Felipe Kautz (baixo e voz) e Fabricio Gambogi (guitarra e arranjos), o novo single está disponível em todas as plataformas digitais. A música foi gravada em junho de 2019, em Belo Horizonte, durante uma turnê da banda por Minas Gerais, e conta com a produção de Leonardo Marques (Teago Oliveira, Maglore). Confira:

DONA CISLENE | A banda Dona Cislene lançou um novo single totalmente produzido a distância durante a quarentena. “Dias Melhores Virão” traz uma mensagem positiva em relação ao momento atual que todos vivemos. A nota triste é que os dias melhores virão sem a banda Dona Cislene, que anunciou o fim das atividades pouco tempo após lançar o single.

EGO KILL TALENT | A banda Ego Kill Talent lançou o EP ‘The Dance’, composto pelas faixas “The Call”, “NOW!” e “Lifeporn”. A banda brasileira utiliza do rock anos 90, guitarra e bateria marcadas em seu novo trabalho. O EP faz parte de um projeto de longa data do banda, intitulado The Dance Between Extremes. Mais dois EPs estão programados para vir na sequência em breve e completar a narrativa. Confira “The Call”:

ENOVA | “Tudo Passa” é o single de lançamento da banda Enova. Uma mensagem de esperança e conforto em uma música criada e produzida pela banda durante a quarentena. Novidade no rock nacional, a Enova lançou o clipe hoje, no dia mundial do rock, e o lançamento nas plataformas digitais será dia 24/06. Confira o clipe:

ESTEBAN TAVARES | O músico Esteban Tavares lançou no último dia 12 de junho, dia dos namorados, seu mais novo single. O nome do novo trabalho é “Rima Rica, Frase Feita” e a faixa pode ser conferida em todas as plataformas digitais. O músico tem lançado suas faixas em formato de singles que, ao final de todos os lançamentos, devem formar um álbum. Confira:

FOLKS | A banda carioca Folks, formada por Kauan Calazans, Paulinho Barros, Heitor Lemos PV, lançou o clipe “Despertar”. O clipe foi gravado pela própria banda na casa do vocalista Kauan Calazans, no Rio de Janeiro. Gravada no estúdio Toca do Bandido, “Despertar” ecoa boas vibrações e esperança neste momento tão delicado de isolamento social que estamos passando no mundo todo. Confira:

FRANCISCO, EL HOMBRE | A banda Francisco, el Hombre se uniu para homenagear Rafael Gomes, baixista do grupo há seis anos e meio. A faixa “Despedida” é um presente para o ex-integrante do grupo e diz muito sobre a reflexão que a partida dele trouxe para Mateo Piracés-Ugarte, Juliana Strassacapa, Sebastián Piracés-Ugarte e Andrei Kozyreff. Confira:

FRESNO ft. FAR FROM ALASKA | A Fresno lançou, em colaboração que foi feita em parceria com o Far From Alaska, uma versão de um grande sucesso da música. “Eva”’, composta em 1982 pelo italiano Umberto Tozzi, e que ganhou o mundo em outras varias versões. No Brasil “Eva” ficou famosa na voz de Ivete Sangalo no final dos anos 90 com uma roupagem completamente brasileira, onde na época ela ainda se apresentava na Banda Eva. Confira:

GROSS | O ex-Cachorro Grande Gross lançou o single e clipe “Carnaval”. A música está em todas as plataformas digitais, e faz parte do seu novo disco, ‘Tempo Louco’, que foi gravado e produzido no Clandestino Estúdio com a banda Eduardo Barreto e Alexandre Papel, com estreia prevista para o segundo semestre. O videoclipe, com direção de Diego Basanelli, foi gravado no carnaval de rua de SP e finalizado durante o período de isolamento social. Confira:

HATEEN | A banda Hateen lançou recentemente a versão ao vivo da faixa “Passa o Tempo”, uma versão da música presente no mais recente álbum de estúdio da banda chamado “Não Vai Mais Ter Tristeza Aqui (2016)” e a versão ao vivo lançada recentemente foi retirada do DVD Obrigado Hangar 110 (2018). Hateen tinha lançado há três anos o videoclipe da mesma faixa “Passa o Tempo”. A versão de estúdio e o videoclipe oficial contaram com a participação de Dani Vellocet. Para o show ao vivo no Hangar 110, a banda também convidou a vocalista para participar desta música ao vivo no palco. Confira:

IRA! | Um dos maiores nomes do rock brasileiro, a banda Ira! lançou seu primeiro álbum de inéditas desde 2007, surpreendendo com uma sonoridade que remete aos primeiros álbuns da banda. ‘IRA’, seu 12º álbum, está disponível em todas as plataformas digitais. Confira o single “O Amor Também Faz Errar”:

JARDIM SOMA | Tropicalismo, lo-fi e indie rock: É desta forma que o baixista da Vivendo do Ócio, Luca Bori, inaugura a nova fase do projeto Jardim Soma – onde acaba de lançar o single “The End”. A música é um lançamento do Selo Portal. Desta forma, as gravações ocorreram no Estúdio Carmo 44, em Salvador, Bahia. Confira:

LAVOLTA | A banda Lavolta lançou o single “Abismo é Pra Quem Tem Asas”, com produção de Lucas Silveira (Fresno). O single é o primeiro de uma série de 10 singles com produção de diferentes estúdios e produtores. Confira:

LEELA | Preparando terreno para o quarto álbum de estúdio, a banda Leela lançou a canção “Lost In You”, a primeira em inglês da carreira. O synth-rock foi composto em parceria com o músico, violonista e xamã norueguês Kjell Sandvik. Confira:

LOS VOLKS | Pop rock triste para jovens inquietos. É com esse espírito que a Los Volks lançou o single “Vitral”. A música retrata a vulnerabilidade nas paixões em meio ao início da vida adulta e tem participação especial da paraguaia Dahiana Samudio. Confira abaixo:

MENORES ATOS | A banda carioca menores atos lançou nas plataformas de streaming uma antiga canção inédita, “Insone”. Segundo publicação feita pelo trio formado por Celso Lehnemann (baixo), Cyro Sampaio (voz e guitarra) e Ricardo Mello (voz e bateria) em seu perfil oficial no Instagram, o single foi gravado na época da produção do disco ‘Lapso’ (2018), por isso é considerado um lado B do trabalho. Ouça:

MOXINE | Moxine já marcou presença com seu indie-pop em grandes festivais nacionais e internacionais, além de chegar ao topo da lista “Viral 50 Brazil” no Spotify com a faixa “Marlon”. Durante a quarentena o duo lançou o EP ‘Moxine Acústicas’ com 3 faixas. Confira “Fantasiando” na versão acústica:

NOVE ZERO NOVE | A banda Nove Zero Nove lançou o single “Sopro”, com participação da cantora Sonja, revelação do blues nacional, e letra que reflete sobre a fragilidade da condição humana, acabando, involuntariamente, associada ao cenário atual. “A música não foi feita pra essa ocasião, é uma homenagem a uma fã que, infelizmente, nos deixou. Mas trata da imprevisibilidade da vida e, por isso, conversa com o momento que vivemos hoje”, esclarece a banda, que tem 10 anos de estrada e hoje é formada por Merg (vocal/baixo), Paulo Pestana (guitarra), Julianne Lima (guitarra) e Rafael Cabral (bateria). Confira:

PLUTÃO JÁ FOI PLANETA | A banda Plutão Já Foi Planeta lançou uma versão para a música “O Roqueiro e a Hippie”, lançada originalmente pela banda Talma & Gadelha. Em sua interpretação da faixa, a Plutão dá a canção uma melodia de ritmo dançante e mais voltado ao indie pop. Confira:

POLAKO | “Janela para o Oceano” é o quarto single da carreira solo do cantor e compositor. A canção indie pop com refrão marcante convida o ouvinte a abrir sua janela e mergulhar em um oceano repleto de amor e saudade. O projeto todo foi desenvolvido de forma colaborativa contando com a participação de fãs e amigos enviando vídeos para compor o clipe, que foi gravado no litoral norte de São Paulo. Confira:

RADICAL KARMA | Com grandes influências, ‘Sintomas’ é o novo EP do Radical Karma. EP Sintomas, o segundo da banda, traz quatro músicas que mostram o amadurecimento do quarteto em um ano de atividades Sintomas, o sucessor do elogiado ‘Entre o Fim e o Começo’, já está nas principais plataformas de streaming. Confira o clipe de “Fez”:

ROCCA VEGAS | A banda cearense Rocca Vegas lançou o single “Business”. Com participação especial do guitarrista da Far From AlaskaRaffal Brasil, a faixa visa alertar sobre a toxicidade do cotidiano. A música é um lançamento do selo Musikorama Records e tem produção de Leo Ramos (Supercombo) e Lucas Guterres. As gravações ocorreram entre São Paulo (SP) e Fortaleza (CE).  O videoclipe, por sua vez, foi filmado em Santa Mônica, nos Estados Unidos. A cidade fica na Califórnia – local por onde a banda tocou em meados de 2019. Assim, o clipe mixa os trechos da viagem com uma série de frames esportivos captados pelo cinegrafista Carlos Muriongo. Confira:

ROCKSTRADA | Esperança. Essa é a mensagem que a banda paulista Rockstrada traz com o single “Tudo Vai Passar”. A faixa aborda o período de distanciamento social devido à pandemia do COVID-19. Assim, todas as sessões de gravação ocorreram de forma remota, com os integrantes realizando-as direto de suas casas. Confira:

RODRIGO SAN | O músico alagoano Rodrigo San tem uma marca registrada: a sinceridade que leva da via pessoal às composições. Contador de histórias que é, transforma com facilidade as memórias em canções e este é o processo que explica o lançamento de “Aquela Bicicleta”, seu novo single. A música chega às plataformas de streaming via Orangeira Music e Life Records. “Aquela Bicicleta” também ganhou videoclipe produzido por Raphael Pires. Assista:

SCALENE | A banda brasiliense Scalene lançou o EP ‘Fôlego’, trabalho que sucede o disco batizado como ‘Respiro’. Suas cinco faixas retratam o período de isolamento do quarteto, já que tudo foi gravado à distância. O novo registro da Scalene é conectado ao seu último álbum, lançado em 2019. Confira o lyric video de “Estar a Ver”:

SCATOLOVE | O duo Scatolove, forma por Isa Salles e Léo Ramos, lançou o EP ‘Maravilhas – Episódio 1’. O álbum traz 6 faixas, incluindo 2 diferentes versões para “Entupir de Brabuletas”. Confira o clipe de “Nada de Bom Acontece de Madrugada”:

SUPLA| Pronto para retomar a carreira solo, Supla lançou o single e lyric video “Embaixo da Unha”. A canção é resultado de uma nova parceria com Teodoro Suplicy, sobrinho do músico. O cantor punk, que completou 54 recentemente, se inspirou no atual cenário mundial da pandemia de covid-19 para compor a canção. Na letra, Supla diz: “Coronavírus, fome e uber […] Todos ficam embaixo da unha / Todos sabem, ninguém fala / Qualquer um é testemunha”. Confira:

TEQUILA BABY | Já está disponível nas plataformas digitais o novo single da Tequila Baby. A banda acaba de lançar uma nova versão de “Velhas Fotos”, a faixa mais emblemática da história do grupo, agora em formato acústico. Confira:

THE MÖNIC | A The Mönic lançou, em todos os aplicativos de música, a versão acústica de “Andy & I”. Originalmente parte de “Deus Picio” (Deck/2019) a nova versão também conta com um webclipe disponível no YouTube e fará parte de um EP inédito. “Andy & I” (Acoustic) é a primeiro single do EP “Refúgio”, que a The Mönic se prepara para lançar também pela Deck. Surgido por conta da pandemia de Covid-19, que forçou a quarentena, o EP está sendo gravado em casa, assim como seus vídeos.

THE OUTS | A banda The Outs lançou o single e clipe “Ficar Bem”. A música, produzida, gravada, mixada e masterizada por Dennis Guedes e Vinícius Massolar tem um clima good vibes e conta ainda com a sonoridade de um sax tenor por Irmão Victor. Confira

THE ZASTERS | A banda The Zasters lançou o single e clipe de “Meltdown”, feito 100% em quarentena e no estilo DIY. The Zasters apresenta um indie rock enérgico em suas músicas. Confira:

TITÃS | Uma das principais bandas da música brasileira, os Titãs lançaram durante a quarentena 2 EPS no formato trio acústico. Titãs Trio Acústico EP 1 e 2 traz grandes sucessos da carreira da banda interpretados em versões cruas e acústicas, remetendo ao excelente álbum “Acústico MTV”. Confira a versão de “Enquanto Houver Sol”:

VANGUART | O isolamento social obrigou o Vanguart a adiar seus shows e rotina de estúdio, mas a banda usou esse hiato forçado para revisitar seu catálogo e disponibilizar canções até então guardadas. A faixa “Encontro Adiado” foi lançada em todos os aplicativos de música, pela Deck. A música, gravada nas sessões do álbum “Muito Mais Que O Amor” (Deck/ 2013), ganhou um elegante lyric video. Confira:

VERSALLE | A banda Versalle lançou o clipe em animação para o single “Só”. A faixa chega carregada de influências do pop e folk dos anos 1990 que incluem grandes nomes internacionais como Alanis Morissette e Coldplay, além da banda brasileira Legião Urbana. Sua letra traz uma reflexão existencial, além de desenvolver um diálogo com a situação que o mundo vive atualmente. Assista:

VESPAS MANDARINAS | A banda paulista Vespas Mandarinas lançou recentemente 2 singles. Os lançamentos são versões ao vivo de músicas conhecidas da banda, e fazem parte do álbum “Cala Boca Já Morreu Ao Vivo”, que deve ser lançado ainda esse ano, gravado em formato power-trio contando com a baixista Helena Papini e o baterista Peu Lima completando a banda. Confira “Retroceder Nunca (Render-se Jamais)” ao vivo:

VIR GO | A banda Vir Go, de punk rock grunge em espanhol com Madame Mim, Fernanda Terra, Rodrigo Luminatti e Jaques Molina acaba de lançar pelo selo argentino Secsy Music o single “En Cana”, mixado por Katia Dotto e gravado no Thiago Coiote e lançado junto com o lyric video feito por Larissa Alves, confira:

VIVENDO DO ÓCIO | Rock, autenticidade e liberdade de expressão. É assim que a banda Vivendo do Ócio lançou o primeiro disco de inéditas desde o álbum “Selva Mundo” (2015). Homônimo, o novo trabalho foi produzido por  Thiago Guerra (Fresno) e Gabriel Zander. O disco, disponível em todas plataformas de streaming, reúne 10 faixas e conta com participação de Luiz Galvão (Novos Baianos) e seu filho Lahiri Galvão na composição de “O Amor Passa no Teste”. Confira o clipe de “Muito”:

ZIMBRA | A banda Zimbra lançou os singles “Lua Cheia”que também ganhou um clipe, e “Claro que o Sol”. Produzidas pela própria banda em parceria com Bruno Pelloni, as novas faixas misturam elementos que vão do rock, soul à mpb dos anos 60/70. Sobre a busca de novas sonoridades, o vocalista Rafael Costa, Bola, diz que era algo que a banda buscava após terem lançados dois álbuns de forma consecutiva. “Os singles nos permitem experimentar coisas individuais sem ter um compromisso 100% conceitual. Depois de termos lançados dois álbuns completos recentemente, optamos por nos arriscarmos mais, experimentar e testar coisas que queríamos, mas sem perder nossa identidade”, conta. Assista ao clipe de “Lua Cheia”:

Chico César faz show nesta sexta (10) ao vivo no ShowlivrePlay

Chico César faz show nesta sexta (10) ao vivo no ShowlivrePlay (Foto: José de Holanda)

O serviço se firma como alternativa de remuneração dos artistas durante o isolamento social

Postado em 10/07/2020 por

Chico César lançou um dos melhores discos de 2019. ‘O Amor É Um Ato Revolucionário’ já se tornou um clássico da MPB. A arte de transformar poesia em protesto, de forma leve e descontraída, faz de Chico César um dos grandes letristas do Brasil. A mistura de estilos musicais que vão do rock ao forró, passando por afrobeat, reggae, funk, folk e brega não negam a versatilidade do cantautor, que circula em muitas tribos. “Pedrada” é o atual hino das festas virtuais que celebram a cultura brasileira. “De Peito Aberto” (feat. Agnes Nunes) é um acalanto para as mulheres. “History”, uma crônica brega sobre as visualizações de stories nas redes sociais.

Faixas desse disco serão entoadas no webshow via ShowlivrePlay, que acontecerá dentro do estúdio do Showlivre hoje, dia 10 de julho às 20h, acompanhado por Simone Sou na bateria e Ana Karina Sebastião no baixo.

Entram ainda no repertório canções inéditas compostas no período da quarentena e hits imortais como “Mama África” e “À Primeira Vista”, de seu primeiro disco, ‘Aos Vivos’, que completa 25 anos.

O cantor, compositor, jornalista e escritor paraibano irá interagir com os fãs, que poderão enviar perguntas previamente em vídeo, onde as melhores aparecerão durante o show. A audiência também poderá fazer perguntas e mandar recados ao vivo, via chat, assim como responder às enquetes.

Serviço Chico César no ShowlivrePlay:

10 de julho (sexta-feira) – 20h
Ingressos: R$ 10 até R$ 30
Compra: https://showlivreplay.com/chico-cesar-2/
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/272892463773020/

ShowlivrePlay:
A ideia é transmitir shows ao vivo, com exclusividade, a partir de grandes casas e festivais de música. Porém, neste momento, o ShowlivrePlay surge como uma solução para a remuneração dos artistas de música que estão em isolamento social.
Artistas realizam seus shows ao vivo e com alta qualidade de áudio e vídeo a partir do estúdio do Showlivre (com todas as medidas de segurança descritas abaixo). Ou, se preferirem, de dentro de casa via celular e com o suporte técnico da equipe ShowlivrePlay. Os shows têm duração mínima de 30 minutos e os ingressos são vendidos na plataforma através de cartão de crédito ou boleto bancário. O fã escolhe o valor do ingresso: R$10, R$20 ou R$30, acessa showlivreplay.com, se cadastra e assiste aos shows via celular, tablet, smart tv ou desktop.
Alguns shows ficam gravados e poderão ser acessados também sob demanda. Já passaram pelo ShowlivrePlay nomes como Braza, Tribo de Jah, Supla, Sergio Britto (Titãs), Lúcio Maia (Nação Zumbi), Jaloo, Leoni, Filosofia Reggae, Jade Baraldo, Zimbra, Marcos Sabino, Bruno Gadiol e mais. A novidade que se inicia neste terceiro mês de ShowlivrePlay é a possibilidade de transmissão dos shows ao vivo a partir do estúdio do Showlivre, com todas as medidas de segurança realizadas pela ABRALIMP e com alta definição de áudio e vídeo.
Os artistas se apresentam em formações reduzidas e a equipe do Showlivre fica fora do estúdio durante a transmissão ao vivo: as câmeras são fixas e os cortes de edição são feitos de uma outra sala, assim como a instrumentação do áudio. Num momento em que a pandemia impacta profundamente o show business, o Showlivre.com – pioneiro e referência nacional na arte de produzir e transmitir música ao vivo pela internet – inova com a plataforma que permite remunerar os artistas com shows ao vivo e de alta qualidade.

Os números do ShowlivrePlay: Lançamento em 13 de abril de 2020;+ 50 shows “live” realizados com transmissão a partir da casa dos artistas;Projeto #MúsicaSalva reverteu cerca de 11 mil reais ao Fundo Emergencial Coronavírus Brasil;+ 10 mil fãs cadastrados;+ 12 mil ingressos emitidos em 60 dias;+ 35 mil visitantes por mês, com 150 mil visualizações;Abrangência nacional, sendo 25% dos fãs de São Paulo e Rio de Janeiro.

Camurça traz leveza e amor na inédita “Cuida”, com clipe animado

Camurça traz leveza e amor na inédita Cuida, com clipe animado (Foto: Reprodução/YouTube)

Música combina melodias do pop com reggae e tem letra poética

Postado em 01/07/2020 por

A banda Camurça surgiu em 2020 durante a bagunça no mundo promovida pela inesperada pandemia, no entanto, a marca da banda na nova música brasileira é antagônica a isso: as melodias leves, soltas em ritmos não raramente dançantes, sugerem alegria, recomeços, ousadia e, claro, amor. Tudo fica mais evidente em “Cuida”, lançada via Orangeira Music no streaming e em um divertido videoclipe.

O clipe, uma animação que ilustra a história na canção, é uma produção de Handel Meireles, com roteiro de Enzo. Confira: 

A canção, um pop reggae dançante, traz novas referências à autêntica sonoridade da banda, que navega entre diversos gêneros. A leveza é o fio condutor de “Cuida”, com destaque a poética da letra, escrita pelo vocalista Enzo Camurça, que é embalada pelas melodias com swings e métricas grudentas – no bom sentido – do single. O single foi produzido, mixado e masterizado por Matheus Brasil.

“‘Cuida’ é um pop reggae que é leve em todos os aspectos, em diversos momentos eu comentei que a proposta da banda era bem livre, não necessariamente se pegando na mescla de estilos musicais como em ‘No Miolo do Oco’ ou nas letras mais densas como a de ‘Nuncacabando’, ‘Cuida’ vem não só pra confirmar isso, como pra embalar novas histórias, afinal é bem comum a identificação com a letra, com o clipe ou até mesmo com a melodia, acho que agora as pessoas vão conseguir entender ao que vieram minhas músicas”, diz Enzo. A música funciona ainda como uma dica do que pode vir por aí, ele completa.

Entre o lançamento de “No Miolo do Oco”, o single de estreia, há 3 meses, e o lançamento de “Cuida”, a Camurça lançou diversas músicas e vídeos, além de figurar por rádios, canais de TV, portais especializados e playlists de destaque nas plataformas, incluindo editoriais, e promete mais lançamentos ainda esse ano.

O momento da Camurça com este lançamento, após uma série de lyric videos, um single, um EP e um disco, é contextualizado por Lucas Laranjeira, guitarrista, que fala em amadurecimento: “Foram muitos desafios nesses três meses, e muitos espaços conquistados em tão pouco tempo, o que é ótimo, mas pela primeira vez estamos parando e preparando um lançamento com o devido primor, mas ainda há muito trabalho pela frente”.

Novidades nacionais! Scalene, Cabal, ZéVitor, Vitor Pirralho & U.N.I.D.A.D.E. e Camila Zasoul

Novidades nacionais! Scalene, Cabal, ZéVitor, Vitor Pirralho & U.N.I.D.A.D.E. e Camila Zasoul (Foto: Reprodução/Facebook)

Confira algumas das novidades da música brasileira

Postado em 24/06/2020 por

SCALENE | A tensão e o descontrole aos quais estamos submetidos – há anos – passam uma sensação de falta de ar. No ano passado, o Scalene traduziu tal sufocamento em música e deu o nome de “Respiro” ao disco lançado na ocasião. É bastante sintomático que, em 2020, o planeta Terra tenha sido parado justamente por conta de um novo vírus que ataca as vias aéreas do ser humano. Nunca foi tão importante pensar em respiração, seja o ato motor ou aquele que diz respeito ao controle da ansiedade. Com a turnê e agenda de shows adiados devido à pandemia, os integrantes da banda (cada um de um lugar) criaram um EP que funciona como uma extensão de ‘Respiro’. Intitulado “Fôlego”, o trabalho de cinco faixas inéditas está disponível em todas as plataformas e é um lançamento do slap, selo da Som Livre. 

“Por mais que não estivesse previsto e seja fruto do período de distanciamento social, sinto que Fôlego é uma continuação bastante natural do Respiro”, pensa o vocalista Gustavo Bertoni, que forma o grupo ao lado de Tomás Bertoni, Lucas Furtado e Philipe “Makako” Nogueira. “É também uma despedida dessa fase em que exploramos um som mais calmo. É um reflexo do momento em que a gente está vivendo, tanto na forma como ele foi produzido – à distância – quanto nos temas das letras”, define.

Primeira música a ter surgido no período de quarentena, “Caburé” abre ‘Fôlego’ com um ritmo calmo que convida para um processo de absorção de tudo o que estamos vivendo. Tira a lupa do microcosmo de cada um para buscar uma reflexão macro do que somos (ou podemos ser). “Eu sei que há mais, há de haver mais“, diz o refrão.

CABAL | Trazendo positividade e paz interior para um momento de tanta angústia, o rapper Cabal vem mostrando sua nova cara neste retorno. Cabal é dono de diversos hits no rap e também colecionou muitas polêmicas no inicio de carreira. No entanto o novo single “Deixa Minha Vibe” é Cabal dizendo que está em paz. “Deixa Minha Vibe” é uma música que aborda o amadurecimento do pessoal. Agora em um momento diferente, onde Cabal e Daniel (seu verdadeiro nome) se encontram e mostram sua verdadeira essência. Mantendo sua qualidade e originalidade através de flows variados e de letras incisivas em conjunto do beat produzido por JayKay (Traplab),
Cabal reflete essa vibe. “‘Deixa Minha Vibe’ é um novo momento na minha vida. Onde eu não quero treta com ninguém. Hoje tô vendo o mundo muito polarizado e as pessoas querendo impor sua verdade sobre as outras. Eu já fui assim, hoje eu busco minha paz e me sinto bem melhor que ontem” afirma Cabal.

ZÉVITOR | ‘Amor e Minimalismo’ é o novo EP de ZéVitor. O cantor e compositor carioca lança o EP, que sucede duas bem sucedidas colaborações com Kamaitachi (“Bruxa”) e Konai (“Castelo de Areia”), um dueto com Fagner (“Versos Ardentes”), vários singles e clipes, o EP “Crônicas de Um Amor” (2019) e o álbum “Cronológico” (2018). Sobre uma execução impecável de violão, viola nordestina e banjo do produtor Mayam Rodilhano, o álbum faz jus, ao menos em termos musicais, à sua proposta minimalista. Já o amor, fica por conta das letras de ZéVitor.

VITOR PIRRALHO & U.N.I.D.A.D.E. | O grupo alagoano Vitor Pirralho & U.N.I.D.A.D.E. lançou o videoclipe da faixa “As Aventuras de Pi”. Com imagens gravadas no Uruguai, o resultado já está disponível no canal da Som Livre no YouTube e traz o vocalista (Pirralho) em famosos pontos turísticos da capital do país, Montevidéu, assim como na cidade-balneário de Punta Del Este. Produzido em 2019, todos os registros foram captados antes do atual momento de isolamento social, provocado pela pandemia de Covid-19. O nome da faixa, aliás, é um trocadilho com o livro homônimo – de autoria de Yann Martel e que ganhou adaptação cinematográfica do cineasta Ang Lee – e a primeira sílaba de Pirralho.

CAMILA ZASOUL | Novo nome do cenário hip hop e pop carioca, a cantora e compositora Camila Zasoul cria pontes entre gêneros de um modo envolvente e com um olhar bem brasileiro. Em seu novo single, “Outra Vez”, ela canta o amor de modo livre, com a entrega de uma paixão. A música é um lançamento da Milk Music e está disponível em todas as plataformas de música digital e em forma de clipe.

Novidades nacionais! Edi Rock, Pablo Martins, Onze:20, Kell Smith, Craca e Sandra-X e Black Bell Tone

Novidades nacionais! Edi Rock, Pablo Martins, Onze:20, Kell Smith, Craca e Sandra-X e Black Bell Tone (Foto: Divulgação Som Livre)

Do rap ao rock, confira algumas das novidades lançadas

Postado em 16/06/2020 por

EDI ROCK | Unindo sua voz e sua arte à diversas outras personalidades e cidadãos que estão se posicionando em torno do movimento antirracista, o rapper Edi Rock, também integrante do Racionais MC’s, lançou pela Som Livre a faixa “Vidas Negras”. Com a intenção de ser um manifesto frente aos recentes acontecimentos, o artista solo se posiciona através da composição inédita por entender a música como sua arma mais potente.

Edi enxergou o atual momento em que o mundo está mobilizado pela causa racial como uma boa razão para adiantar o lançamento da faixa “Vidas Negras”, que ele vinha trabalhando para o seu novo projeto, previsto para o segundo semestre. “Comecei a trabalhar no meu novo álbum ‘Origens – Parte 2’ no ano passado e agora vejo que esse é o momento de compartilhar uma parte do que tem sido desenvolvido. Nada mais oportuno, já que o momento de ataques contra o povo negro pede posicionamento e atitude. No meu caso através da música, através do rap”, conta o artista. Com “Vidas Negras”, Edi dá um recado contundente ao expor a violência sofrida desde sempre pelo povo negro, assim como fala da força e resiliência que é preciso ter para encarar a realidade desigual e violenta.

PABLO MARTINS | Já está disponível em todas as plataformas digitais o novo single do cantor e compositor Pablo Martins, um dos criadores da 1 Kilo, coletivo e gravadora independente de rap de grande expressão no Brasil. “Vai além” é o primeiro fruto do projeto Água Salgada, que une Pablo a importantes nomes da cena rap no Sul do país. A distribuição é da Altafonte Brasil. A música, feita em parceria com os MCs PD, Marcílio Filho, Pedrin, Kalango e o DJ Coala, fala de verão, praia, gosto de sal e cheiro de mar . “Vai além” ganhará também um clipe, gravado em Florianópolis/SC, com previsão de lançamento para o mês de julho.

ONZE:20 | A banda de reggae Onze:20 realizou uma live de aproximadamente 2h em seu canal do YouTube, por meio da qual buscaram levar entretenimento e inspirar calma e tranquilidade para quem está passando pela quarentena, o público ainda ganhou uma surpresa: o lançamento do clipe da música “Razão Para Existir” EP ‘[C]Alma’, lançado pela Som Livre. O clipe, que marca o encerramento da fase [C]Alma, foi feito com imagens captadas no período pré-quarentena, quando os integrantes ainda estavam podendo executar a agenda de shows. Com versos já conhecidos do público como “Ouvi dizer / Que o sol nasceu pra nós, pra mim e pra você / Pode não ter hora mas eu vou voltar / Pra casa”, o clipe traz emocionantes imagens de shows e bastidores de quando a banda esteve na estrada, finalizando com cenas dos integrantes em casa, com as suas famílias.

KELL SMITH | Ficou nacionalmente conhecida pelo hit “Era Uma Vez”. Mas foi apenas a primeira página da história de uma cantora e compositora que se prova muito maior. Agora, Kell Smith lança “O Velho e Bom Novo”, pela Na Moral Produções, seu segundo álbum, inaugurando uma nova fase de sua carreira. Com 12 canções autorais, 8 delas em parceria com o maestro e produtor musical Bruno Alves, o disco é um convite poético à reflexão sobre vulnerabilidades, autoconhecimento e amor. A lado A do álbum já está disponível nas plataformas digitais. Gravado com equilíbrio entre técnicas analógicas e digitais, “O Velho e Bom Novo” traz a inspiração e a voz de uma artista visceral, única, despida de qualquer recurso de afinação artificial. É um álbum orgânico como a própria vida. Confira o clipe de “Vunerável”:

CRACA e SANDRA-X | Produtor musical e artista visual, Craca (Felipe Julián), é conhecido pelos sons brasileiros e afro-latinos em inusitadas bases eletrônicas. Essa receita aparece nos dois singles que ele lança em parceria com a performer, cantora e compositora Sandra-X, que também é sua esposa. “Oxóssi” e “Um Livro de Amor” celebram a união artística e afetiva da dupla nesta semana cheia de amor. “Um Livro de Amor”surgiu como encomenda de Ágatha Barbosa, do selo feminista Hystereofônica, para uma compilação de 2017. Sandra editou trechos do livro homônimo à faixa – assinado pela incrível dupla Cristiane Mesquita e Rosane Preciosa – e foi encaixando o texto na base sonora de Craca, hora cantando, hora declamando a poesia. Esse som virou uma instalação artística interativa (que ilustra a capa do single) exposta no Instituto Tomie Othake e no Espacio de Arte Contemporáneo (EAC), em Montevideo, Uruguai, em 2018. A obra de arte contemporânea engloba uma poltrona com uma mesa ao lado, onde se encontra um exemplar do livro de amor, e oito alto-falantes ao redor. A instalação “Um Livro de Amor” foi projetada para ser usada por uma pessoa de cada vez, mantendo o caráter íntimo dos assuntos amorosos. O espectador se senta, pega o livro e a obra sonora se inicia.

BLACK BELL TONE | A Black Bell Tone, assim como todos artistas e bandas do Brasil teve shows cancelados e sua agenda de gravações afetada pelo COVID-19. Para se manterem ativos e produzindo material para as redes sociais, decidiram fazer algumas versões acústicas das músicas do seu recém lançado álbum “Engenho Que Fabrica Opinião”. Neste terceiro vídeo da série, a BBT convidou seus seguidores no Instagram e Facebook a gravar um vídeo e participar do “Coro de Quarentena” em “Não Conserve a Dor”. 56 “Quarenteners” soltaram a voz e criaram um lindo e ensaiado coral. A ideia era criar um registro das pessoas “unidas em quarentena” cantando juntas, ainda que cada uma na sua casa. A música conta também com as participações especiais de Rodrigo Fischmann (Dingo Bells), Diego Dias (Vera Loca / The Beatles no Acordeon), Gabriel Severo (Carrossel Diabólico), Alê Fonseca (Ramona & The Red Vipers) e Harrison Moura (Harry Rocket).

Wesley Camilo apresenta single de R&B e love song com clipe “Espaço”

Wesley Camilo apresenta single de R&B e love song com clipe “Espaço” (Foto: Divulgação)

Clipe e single mostram a visão de Wesley sobre diferentes sonoridades

Postado em 13/06/2020 por

Wesley Camilo lançou o seu single e clipe “Espaço”, um R&B love song que integra as 12 faixas do álbum “Presente”, com lançamento programado ainda para o segundo semestre de 2020. Dirigido por Felipe Barros e produzido pela Free Birdz, produtora a qual Wesley integra o núcleo criativo e como diretor musical, o videoclipe traz a participação de Rayza Nicácio e inspira um romance dos tempos atuais entre o artista e a influencer.

Com lançamento previsto ainda para este ano, o novo álbum apresenta músicas que se conectam por um conceito baseado na palavra que dá o seu título: “Presente”. A ideia é propor uma reflexão sobre a importância e autossuficiência do momento atual, já que o passado nos molda, o futuro é uma incerteza que olhamos com esperança, mas, é só no presente que se encontra a realidade e a possibilidade de transformá-la. Seu último lançamento foi o single “Girar”, em parceria com o rapper paulistano Kivitz, com um videoclipe que propõe uma reflexão sobre a lei universal do retorno, fazendo alusão às mensagens que a vida nos dá, mas muitas vezes estamos imersos em algum tipo de busca e não as percebemos. 

Ainda para 2020, Wesley confirma projetos com artistas consagrados do cenário musical, como o rapper Kamau, Rashid e a dupla revelação de R&B Yoún. 

Sobre o espaço para a sonoridade R&B e Soul, Wesley entende que sempre foi bem aceito, mas a diferença é que agora, os artistas brasileiros que estão produzindo esse tipo de música, carregam influências distintas que acabam transformando o som em algo novo. “A cultura do nosso país no final dos 80’s e início dos 90’s foi muito influenciada pela música norte-americana, não que agora não seja, mas hoje está mais globalizado, ou seja, a galera que cresceu nessa época, hoje é protagonista do cenário artístico em geral. Vejo que o espaço pra essa sonoridade sempre foi bem aceito, a diferença é que agora somos nós brasileiros fazendo, e o mais interessante é que com a carga de influências distintas que nós temos, o som acaba se transformando em algo novo que eu tenho muito prazer de fazer parte.” diz o artista.