Lucas Laranjeira

Lançamentos! Tiê, Céu, Teago Oliveira, Colibri, Castello Branco e Rashid ft. Dada Yute (Foto – Tiê: Rogério Von Kruger)

Lançamentos! Tiê, Céu, Teago Oliveira, Colibri, Castello Branco e Rashid ft. Dada Yute

Algumas novidades da música brasileira estão por aqui, confira!

Postado em 18/09/2019 por

TIÊ | Ao longo de uma década, Tiê lançou quatro projetos (“Sweet Jardim”, “A Coruja e o Coração”, “Esmeraldas” e “Gaya”), com canções autobiográficas, todos foram registrados em estúdios. “DiX” é a estreia de gravações ao vivo da cantora, que teve três semanas de ensaios com a banda. “Eu adoro fazer show. Gosto muito de olhar e conversar com a plateia. E sinto que canto com mais potência e densidade. Estou muito feliz, confiante e grata com esse novo momento de lançar o primeiro ao vivo”, celebra Tiê. Assista ao clipe:

CÉU | Timbres sintéticos, beat digital, vazios sônicos, um “olá” dissimulado, uma protagonista artificial – “Off (Sad Siri)”, faixa que abre o quinto disco da cantora paulistana Céu, parece dar uma ideia oposta à vibração que paira sobre esta nova obra. Composto logo após o nascimento de seu segundo filho e gravado no início deste ano, “APKÁ”! – assim mesmo, com maiúsculas e exclamação – consolida a jornada inicial da carreira da cantora e compositora mais importante de sua geração num disco quente e minimalista, que junta extremos sonoros, temáticos, musicais e conceituais como se repassasse as viagens que ela fez em seus discos anteriores. E faz com que ela deixe esta crisálida transformada em uma nova compositora e intérprete, pronta para começar uma nova fase de sua carreira. Assista ao clipe da segunda faixa do disco, “Coreto”:

TEAGO OLIVEIRA | Teago Oliveira, conhecido por ser a voz da Maglore, lançou “Boa Sorte”, primeiro álbum de estúdio de sua carreira solo. O trabalho está disponível em todas os aplicativos de música com distribuição da Deck. O disco reflete um desejo antigo do compositor de poder adentrar um novo universo musical, que o permitiu experimentar outros tipos de arranjos e texturas em suas canções, diferente do que é feito em banda. O álbum, com 11 faixas inéditas, conta com Luiz Gabriel Lopes como parceiro de composição de “Bora” – escolhida para vir ao mundo acompanhada de um vídeo feito em colagem pela artista visual Jojo Hissa – e Marceleza de Castilhos, autor de “Azul Amarelo”, com quem escreveu “Últimas Notícias”. Assista ao clipe de “Bora”:

COLIBRI | Guiado pela estética folk em uma atmosfera bucólica e psicodélica, Colibri lançou seu primeiro disco solo, “Canto de Colibri”. Produzido por Tiago Simões, do Cremenow Studio, registro marca uma jornada repleta de invenções e experimentalismos na carreira do artista baiano. “É um disco imersivo e muito sincero. Ele nos fez extrapolar as paredes do estúdio e usar  um universo inteiro que existia ao nosso redor como instrumento. Na busca de uma voz própria, percebemos que a força daquilo que fazíamos estava na capacidade de congregar pessoas em torno de sentimentos profundos, nutrindo reflexões sem impor limites. Pra nós, a música é este fenômeno coletivo que comunica algo que muitos sentem, é onde todo o infinito da cabe”, explica. Ouça o álbum abaixo:

CASTELLO BRANCO | Depois de abrir o caminho para a chegada de seu terceiro disco com “Powerful”, single que ganhou videoclipe no final de agosto, Castello Branco apresentou “Cola Comigo”, canção que tece bonito fio de apoio ao ouvinte. Se no primeiro single, os arranjos lançavam a música a uma dinâmica mais dançante, o segundo momento de trabalho do novo álbum propõe outro tempo. Com versos como “Se você precisar eu vou com você” cantados de forma ralentada, Castello estende a mão ao ouvinte, e se coloca à disposição do outro de forma muito aberta – traço constante em seu novo disco. Assista ao clipe de “Cola Comigo”:

RASHID FEAT. DADA YUTE | “Tem noção que a cada 23 minutos, Uma mãe preta fica de luto?” Com esta e outras indagações, Rashid convida Dada Yute para dividir o canto em “Todo Dia”, um reggae autêntico que mostra outra faceta do rapper e a influência direta da música jamaicana em seu estilo. Ao lado de Dada, uma das vozes mais importantes do gênero no país, Rashid recupera a mensagem de liberdade e justiça professada pela cultura Rastafari, endossando a máxima de que Vidas Negras Importam. Assista ao clipe:

Bia Ferreira lança “Igreja Lesbiteriana, Um Chamado”, seu álbum de estreia (Foto: Hai studio)

Bia Ferreira lança “Igreja Lesbiteriana, Um Chamado”, seu álbum de estreia

O sucesso “Cota não é Esmola” e outras músicas apresentadas no Estúdio Showlivre estão presentes no disco

Postado em 16/09/2019 por

Bia Ferreira não vai se calar. No dia 21 de setembro às 21h30, a Comedoria do Sesc Pompeia recebe a cantora mineira que traz “Igreja Lesbiteriana, Um Chamado”, primeiro álbum da cantora apontada como um dos mais promissores expoentes da música contemporânea. Bia tem suas crenças, sua luta e ali está embasada sua poesia. Ela vive uma paixão pulsante que tem também seu lugar no disco de estreia. Muito papo reto com melodias e levadas envolventes, pegada moderna e autenticidade. O álbum traz músicas que foram apresentadas ao público no Estúdio Showlivre em 2018.

Produzido por Bia, Vinicius Lezo e B Negão, “Igreja Lesbiteriana” chegou no último dia 13 nas plataformas digitais através da Altafonte. Assista ao clipe de “De Dentro do Ap”, lançado no primeiro semestre:

O discurso da “Igreja Lesbiteriana” de Bia Ferreira às vezes chega como um tapa, mas é também recheado de amor. É para educar sobre vida, sobre a luta do movimento antiracismo, do feminismo negro. É sobre as questões LGBTQIA+, tecnologias de sobrevivência.

“Este trabalho é um marco do meu compromisso público de que não vão nos parar. Vou informar ao máximo de pessoas o que está acontecendo em nossa volta. A insapiência não existirá. Ninguém vai poder dizer que não sabia. Daí ou a pessoa se assumirá racista ou mudará sua postura”, discursa a cantora.

Suas influências musicais estão no soul, no R&B, no funk, no gospel. Na cultura sergipana, que bebeu quando morou por lá. Está na musicalidade e doçura firme do seu amor, a cantora Doralyce. Hoje Bia vive no Centro do Rio de Janeiro, mas talvez por um curto espaço de tempo. Ela gosta de seguir. Costumava viajar pelo Brasil com seu violão pedindo carona. Tocava em bares, nas ruas, passava o chapéu.

Um dia, Bia foi chamada às pressas para substituir um artista no protejo Sofar. O vídeo de “Cota não é Esmola” (faixa presente do álbum) viralizou. “Foi assustador e lindo. Estava no Capão sem acesso à internet e quando voltei para o mundo digital o vídeo tinha mais de um milhão de acessos. Fiquei muito feliz em saber que tanta gente se sentiu representada por minha música”, comemora. Em 2018, Bia Ferreira foi um dos destaques do Estúdio Showlivre. Confira a música “Cota não é Esmola” ao vivo:

A apresentação completa da Bia no Showlivre você encontra no YouTube, Spotify, Deezer e demais plataformas digitais.

Agora Bia Ferreira lança seu primeiro disco completo com o show na Comedoria do Sesc Pompeia. A mulher negra, cosmopolita, nascida em família evangélica mineira vai seguir fazendo a sua voz ecoar cada vez mais forte, assim como o principal mandamento da sua “Igreja Lesbiteriana”: o amor ao próximo.

SERVIÇO:
Bia Ferreira
Lançamento do álbum Um Chamado

Dia 21 de setembro de 2019, sábado às 21h30
Local: Comedoria do Sesc Pompeia

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).
Venda online a partir de 10 de setembro, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 11 de setembro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: 18 anos.
Sesc Pompeia
Rua Clélia, 93 — São Paulo-SP
sescsp.org.br/pompeia

Lançamentos! Selvagens à Procura de Lei (foto), Zudizilla, Brothers of Brazil, Mariana Nolasco e giramundocão (Foto: Divulgação)

Lançamentos! Selvagens à Procura de Lei, Zudizilla, Gabriel O Pensador, Brothers of Brazil, Mariana Nolasco e giramundocão

Separamos algumas das novidades da música brasileira para você, confira!

Postado em 13/09/2019 por

SELVAGENS À PROCURA DE LEI | “Intuição” é a primeira faixa do disco Paraíso Portátil, que será lançado no dia 01 de novembro. Este quarto álbum de inéditas dos Selvagens está sendo concebido graças a uma bem sucedida campanha de financiamento coletivo, na qual a banda conseguiu arrecadar ainda mais do que os 30 mil reais necessários. Assista ao clipe de “Intuição”:

ZUDIZILLA | Zudizilla lança, em todas as plataformas digitais, seu segundo álbum “De onde eu possa alcançar o céu sem precisar deixar o chão”. Com 11 faixas inéditas, registro é licenciado pela YB Music.

Criando um ponto em comum entre tudo o que já produziu musicalmente, artista traz em seu novo trabalho, lançado no dia 13 de setembro, uma mensagem de fragmentação de personalidade e busca pelo individual em um coletivo que nada lhe representa. 

“Este disco é o primeiro ato de uma saga que conta o trajeto de um personagem que é transversal a todos os diaspóricos e o quão dividida se torna a personalidade de quem não se encontra no ambiente a sua volta”, explica. Ouça:

BROTHERS OF BRAZIL| Formada pelos irmão Supla e João Suplicy, o Brothers of Brazil lançou o single “Imagined Crimes“, disponível em todas as plataformas digitais! E nos dias 21 e 22 de setembro eles se apresentam no Sesc 24 de Maio em um especial de 10 anos do lançamento do ábum PunkaNova. Assista ao clipe:

MARIANA NOLASCO | Saiu o novo clipe da cantora e compositora, fenômeno no YouTube e Instagram, Mariana Nolasco. “Planeta Borboleta” é a nova música de trabalho da cantora e, também, o nome da turnê de seu primeiro álbum, que teve início no último dia 6 de setembro, no Rio de Janeiro. A turnê acontece até o dia 26 de novembro, com shows em Belo Horizonte, Salvador, Belém, Florianópolis, Curitiba e São Paulo. Assista:

GIRAMUNDOCÃO | Colocando em canções os sentimentos geracionais e as dificuldades do mundo contemporâneo, o cantor e compositor Lucas Depê apresenta sua nova persona artística giramundocão. O projeto lança seu trabalho de estreia, um EP de 3 faixas intitulado “paradoxos complexos da vida e suas tecnologias”, com produção musical de André Vinco (Ceano). O debut de giramundocão está disponível em todas as plataformas de música digital. Assista ao clipe “Vinte e Três”:

Rodrigo San mostra leveza da alma no disco de estreia, Sutil (Foto: Adelaide Abreu)

Rodrigo San mostra leveza da alma no disco de estreia, Sutil

Cantor e compositor mostra influências de música brasileira e soul no álbum apresentado no Release Showlivre

Postado em por

O experiente músico alagoano Rodrigo San, que ajudou a fundar a banda Vibrações na década de 1990 e rodou a cena local como guitarrista de outros artistas, enfim lança o primeiro disco também como cantor e compositor.

Sutil‘, que transita entre a Nova MPB, reggae, soul music brasileira e blues rock, sai pelo selo Orangeira Music e está nas principais plataformas de streaming: https: https://sl.onerpm.com/8103219381.

‘Sutil’ reúne 11 capítulos da vida de Rodrigo San, que de forma alguma – e por que deveria? – desvincula a música de suas vivências. O alagoano propõe narrativas e melodias sinceras, sempre otimistas, abraçadas por um tom confessional que, daqui pra frente, é também a leveza da alma do ouvinte.

‘Menina’, o primeiro single, fala de ser pai e esposo; reflete principalmente a relação ao longo dos 20 anos com a filha. Gravar a música foi um trabalho de controle emocional, revela o músico, tanto para expressar os sentimentos como encaixar as tantas referências musicais na sua Nova MPB. Tem um pouco de samba de Jorge Ben Jor, Steve Wonder, Djavan, Steve Ray Vaughan, e coisas que ele foi descobrindo ao longo do processo. Ouça:

A marca autoral de Rodrigo, um fã incondicional de Jimi Hendrix, é forte na faixa “Se a canoa virar”, um blues abrasileirado com uma introdução em forma de conversa descontraída, mas que deságua numa canção que transborda positividade. Ouça:

Rodrigo San, hoje com 38 anos, já rodou Alagoas e boa parte do Nordeste como guitarrista de outros músicos até, há cinco anos, se descobrir compositor, ou melhor, redescobrir o deleite na música. “Se jogou, mermão”, parafraseando o próprio músico. “Este primeiro trabalho tem muito da minha vontade de continuar num novo sentido”, afirma.

O disco teve o lançamento ao vivo, no mesmo dia em que saiu no streaming – foi no famoso Teatro de Arena Sérgio Cardoso, em Maceió. Em São Paulo, Rodrigo tocará dia 25 de outubro, na Feeling (Vila Mariana).

Rodrigo San foi atração do Release Showlivre em março de 2019 e todo material está disponível no Spotify, Deezer e principais plataformas digitais, confira como foi a apresentação:

Oxigênio Festival 2019 entrega três dias de música em São Paulo, de 13 a 15 de setembro (Foto: Divulgação)

Oxigênio Festival 2019 entrega três dias de música em São Paulo, de 13 a 15 de setembro

Sexta edição do evento terá 38 bandas, incluindo várias atrações do Showlivre, divididas em dois palcos

Postado em 12/09/2019 por

Tudo pronto para a sexta e maior edição do Vans Apresenta Oxigênio Festival, que acontece de 13 a 15 de setembro no Via Matarazzo (São Paulo) com 38 bandas, divididas em dois palcos, além da Karaoke Band, um palco aberto (nos três dias do fest) a aspirantes a vocalista para cantar junto a uma formação de responsa (é preciso escolher a canção e marcar horário previamente pelo site www.oxigeniofestival.com.br). A realização é da Gig Music e do Hangar 110.

A edição 2019 é a mais diversificada de todos os Oxigênios e do ramo do entretenimento. A pluralidade reside principalmente nos tantos estilos musicais que passarão pelo palco do festival ao longo dos três dias. Tem punk, hardcore, rock alternativo, emo, metal, pop punk, rock n’ rol, reggae, música folk e tem bandas que fazem tanta mistura que fica impossível definir um gênero específico.

A banda Braza, uma das atrações, passou recentemente pelo Estúdio Showlivre:

Tem banda clássica, como CPM 22, Dead Fish, Sugar Kane, Autoramas, Ratos de Porão (sem o Gordo, que se recupera de uma forte pneumonia, e com Jão nos vocais), Cólera, entre outros. Tem também a nova geração com Pense, Far From Alaska, Francisco El Hombre, Violet Soda, The Monic, Wiseman, Molho Negro, Supercombo, Braza (formada por três ex-Forfun) e mais.

Dead Fish foi atração do Gig Showlivre, confira:

Vale destacar que o Vans Apresenta Oxigênio deste ano abraça bandas com vitoriosas trajetórias de anos atrás e que voltaram recentemente, como Rivets, Rumbora e Strike, além de outras formações que não são nem veteranas e muito menos novatas, com relevante atuação na música nacional: Terra Celta, Dibob, Nervosa, Bayside Kings, Charlotte Matou um Cara, O Inimigo, Big Up, Glória e tantas outras.

Três bandas do lineup ainda não foram reveladas. Na verdade, serão definidas apenas dia 6 de setembro, quando se encerra a votação popular, via evento do Vans Apresenta Oxigênio no facebook, entre 83 bandas selecionadas das mais de 500 inscrições recebidas neste ano. As três que conquistarem mais votos serão responsáveis, respectivamente, pela abertura de cada dia do festival.

Francisco El Hombre também é uma atração que já passou pelo Estúdio Showlivre, confira:

Em 219, além da Vans, o Oxigênio conta também com o patrocínio da Budweiser, Goose Island, Monster Energy e Jack Daniels, além de promoção da 89 Rock. Sobre o novo cartaz, desenhado pelo artista Cristiano Suarez, a arte impressa será comercializada nos 3 dias de evento em formato poster e também estampará a camiseta do fest, além do copo oficial.

O Oxigênio Festival já foi palco para mais de 100 bandas ao longo de quatro edições, cujo público total beira 20 mil pessoas – na edição do ano passado, o público geral ultrapassou os 15 mil. O evento, que a cada ano se solidifica no mercado musical nacional, contabiliza um engajamento online de um público de aproximadamente 2 milhões por edição.

LINE UP OFICIAL

13.09 – CPM22, Dead Fish, Sugar Kane, Bayside Kings, Teco Martins ॐSala Espacial, O Inimigo, Codinome Winchester, Cefa, Karaoke Band, Banda de Abertura.

14.09 – Braza, Supercombo, Big Up, Pense, Ratos de Porão, Terra Celta, Gloria, Rivets, O Bardo e o Banjo, Zumbis do Espaço, Rumbora, Nervosa, Molho Negro, The Mönic, Karaoke Band, Banda de Abertura.

15.09 – Francisco el Hombre, Far From Alaska, Strike, Esteban, Dibob, Granada, Autoramas, Cólera, Darvin, Violet Soda, Armada, Charlotte Matou um Cara, Wiseman, Karaoke Band, Banda de Abertura.

SERVIÇO
Vans apresenta Oxigênio Festival 2019
Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/340058723359517/

DATA: 13, 14 e 15 de Setembro de 2019
LOCAL: Via Matarazzo
ENDEREÇO: Av. Francisco Matarazzo, 746 – São Paulo
(Estação Barra Funda do metrô linha Vermelha)
CLASSIFICAÇÃO: 14 anos
HORÁRIOS:
Sexta feira: 19h00 abertura / 19h30 início dos shows
Sábado: 13h00 abertura / 13h30 início dos shows
Domingo: 13h00 abertura / 13h30 início dos shows

INGRESSOS
1º Lote – R$70,00 (meia / promo) ou R$140,00 (inteira)
2º Lote – R$80,00 (meia / promo) ou R$160,00 (inteira)

PASSAPORTE – válido para os 3 dias de evento
1º Lote – R$190,00 (meia / promo) ou R$380,00 (inteira)
2º Lote – R$210,00 (meia / promo) ou R$420,00 (inteira)

*ingressos meia e promo válidos somente mediante à apresentação da carteirinha de estudante ou doação de 1kg de alimento não perecível no dia do evento.

ingressos passaporte e blind ticket são pessoais e intransferíveis.

PONTOS DE VENDA
Locomotiva Discos – R. Barão de Itapetininga, 37 (sem taxa)
Venda Online:https://pixelticket.com.br/eventos/3724/oxigenio-festival-2019