PAUTA
Informação e música em harmonia

Rosa de Saron: vocalista deixa banda depois de 17 anos de atividade

Guilherme de Sá esteve nos vocais da Rosa de Saron desde 2001. (Foto: Divulgação)

A saída de Guilherme de Sá foi anunciada por meio de uma live no perfil oficial do grupo no Facebook

Postado em 13/11/2018 por

Guilherme de Sá, o vocalista por trás das faixas marcantes da Rosa de Saron, anunciou nesta terça-feira (13) que não faz mais parte da formação do grupo católico. O anúncio aconteceu por meio de uma live na página oficial da banda no Facebook e é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, já que Guilherme estava nos vocais da Rosa de Saron desde 2001.

O motivo da saída, segundo o próprio cantor durante a live, tem relação com um problema familiar. “Pretendo continuar trabalhando com música, de uma forma menor e mais singela. Pretendo não abandonar meu projeto solo. Preciso frisar que minha saída não é uma aposta à minha carreira solo. É apenas para não sepultar esse dom que ganhei de Deus – caso contrário, estaria me aposentando da música”, contou.

Além disso, durante o anúncio, os integrantes do grupo destacaram que a saída do vocalista não tem nenhuma motivação mais séria, como brigas e desentendimentos, por exemplo. A transmissão está salva no canal oficial da Rosa de Saron no Facebook. Assista:

A saída de Guilherme de Sá não é imediata. O vocalista confirmou que ainda cumprirá agenda de alguns shows enquanto o novo vocalista não é anunciado.

O Sol da Meia Noite, uma das faixas mais populares do grupo, conta com mais de 11 milhões de visualizações no canal oficial da Rosa de Saron no YouTube.

 

MAIS
No programa Showlivre Gospel você confere dezenas de vídeos de artistas da música cristã e gospel, como Katsbarnea, Purples, PG, Camila Campos e Mensageiros da Profecia. Acesse e inscreva-se no canal do Showlivre.com!

A escalada do LSD nos EUA em um dos clássicos de Tom Wolfe
Samba: de ‘música de bandido’ a elemento de integração nacional
Fãs criticam Anitta por supostamente apoiar Bolsonaro

Headliner do Lollapalooza, Tribalistas anunciam turnê pelos Estados Unidos

Tribalistas anunciam turnê pelos Estados Unidos. (Foto: Daniel Mattar)

Shows fazem parte da turnê inédita do trio, que começou em Salvador, e também passará por países da Europa

Postado em por

Depois de anunciar uma longa turnê pelo Brasil e países da Europa, como Portugal, Espanha, Alemanha, Suíça, Inglaterra, Bélgica e Itália, o trio Tribalistas –  formado pelos músicos Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown e Marisa Monte –  anunciou nesta semana que fará cinco apresentações em cidades dos Estados Unidos. A série de shows faz parte da turnê inédita do grupo, que começou em Salvador.

Agendados entre os dias 5 e 16 de fevereiro de 2019, os shows acontecerão em Nova York, Boston, Miami, Los Angeles e San Francisco. Os ingressos para os shows, que contemplam as músicas do recente álbum comemorativo de 25 anos do grupo, estão a venda no site oficial da Brazilian Nites.

Lançado em agosto de 2017, o álbum já é Disco de Ouro no Brasil e ganhou versão em vinil juntamente com o de 2002. A canção Aliança está indicada ao Latin GRAMMY de Melhor Canção em Língua Portuguesa.

 

Headliner do Lollapalooza

O jornal Destak, veículo português com edição local e conhecido por divulgar informações exclusivas a respeito de shows e eventos no Brasil, revelou nesta semana que os Tribalistas serão um dos headliners da próxima edição do Lollapalooza Brasil, marcado para acontecer em São Paulo, nos dias 5, 6 e 7 de abril.

Além do trio, a edição brasileira do festival também contará com a apresentação de nomes como Post Malone, Twenty One Pilots , Interpol, Lenny Kravitz e Sam Smith. Embora a programação completa ainda não tenha sido divulgada, os ingressos para os três dias de evento estão a venda no site oficial do evento.

No Dia da República, em show no Sesc Pompeia, Di Melo divide palco com Liniker

O cantor e compositor Di Melo durante show no Estúdio Showlivre. Foto: André Barone

Apresentação marca o lançamento do álbum ‘Ao Vivo No Estúdio Showlivre’ e terá releituras de Gonzagão, Baden Powell e Jorge Ben Jor

Postado em por

Fãs dos artistas Di Melo e Liniker, expoentes de duas distintas gerações da soul music à brasileira, terão, na próxima quinta-feira (15), feriado do Dia da República,  a chance de ver um encontro da dupla no palco do Sesc Pompeia.

Com preços populares, que vão de R$ 6 a R$ 20, o show será realizado às 18h30 no galpão da comedoria da unidade do Sesc sediada no bairro da zona oeste. Ou seja: a apresentação tem tudo para ser vertida em um grande baile (acesse o site do Sesc e confira detalhes).

O repertório do show de Di Melo será baseado no álbum derivado da apresentação do cantor e compositor pernambucano realizada no Estúdio Showlivre em 3 de agosto de 2018. O show no Sesc Pompeia também contará com releituras de outros grandes artistas: um dos ídolos de Di Melo, o Rei do Baião, Luiz Gonzaga; de Baden Powell, de quem o artista foi grande amigo; e de Jorge Ben Jor, espécie de padrinho de sua carreira, na ocasião em que ele migrou do Recife para São Paulo. História, aliás, entre tantas outras, registrada no minidocumentário Showlivre.DOC – Di Melo Em Primeira Pessoa, que foi registrado pela equipe audiovisual do Showlivre e conduzido pelo editor-chefe, Marcelo Pinheiro, na mesma ocasião em que o artista se apresentou em nosso estúdio.

Veja o minidocumentário na íntegra

Ouça o álbum Di Melo no Estúdio Showlivre no Spotify

 

 

Veja o show de Di Melo no Estúdio Showlivre, na íntegra

 

MAIS
Em outubro de 2017, no projeto Palco Showlivre, transmitimos uma apresentação de Liniker e os Caramellows direto do Centro Cultural Rio Verde. Veja abaixo a versão de Zero, um dos maiores sucessos da artista, e confira o show na íntegra.


 

‘TODXS’, quinto álbum da artista, reafirma o posicionamento crítico de Ana Cañas

A cantora e compositora Ana Cañas. Foto: José de Holanda

Lançado de forma independente, novo trabalho da cantora e compositora conta com participações do rapper Sombra (SNJ) e Chico Chico, filho de Cassia Eller

Postado em 12/11/2018 por

Quinto álbum de Ana Cañas, TODXS foi divulgado nas principais plataformas de streaming na última sexta-feira (9). Coproduzido por Ana e Tiago Barromeu, também guitarrista da banda da artista, o novo trabalho marca a estreia independente da cantora e compositora, que, antes, gravou pela Sony Music Brasil e pela Som Livre. Ana agora é representada por seu próprio selo, Guela Records.

Como sugere o título (lê-se “todes”), grafado com o X que representa a equidade nominal de gêneros, o álbum tem inegável conotação política e social, característica antecipada em 2017 com o single Respeita e o videoclipe de respeita, de forte temática feminista. Quem acompanha a artista nas redes sociais, sabe que Ana tem um posicionamento regular de militância por causas sociais e empoderamento da mulher, algo perceptível desde a impressionante imagem da capa, que mostra uma serpente, de presas prontas para um bote, sobreposta às pernas e uma genitália feminina.

Com arranjos sofisticados, uso elegante dos timbres do clássico piano elétrico Fender Rhodes (alguns tocados por Ana) e do orgão Hammond B-3 (pilotado por André Lima, que também conduz Rhodes e synths), o álbum conta com duas participações: de Chico Chico, o jovem cantor e compositor que é filho de Cassia Eller; e do rapper Sombra, do grupo. SNJ, que divide vocais na faixa que intitula o álbum. TODXS, a composição, também ganhou videoclipe dirigido pelo coletivo Farpa e divulgado em conjunto com o lançamento do álbum. Veja abaixo.

Majoritariamente autoral, o trabalho traz parcerias com Arnaldo Antunes, Taciana Barros e Lúcio Maia. TODXS também apresenta três releituras, Eu Amo Você, a balada escrita por Cassiano e Sílvio Rochael, famosa na voz de Tim Maia,  Tua Boca, a singela composição de Itamar Assumpção cantada por Ana e Chico Chico e Tijolo, de Carlos Posada.

Em 9 de novembro de 2012, ocasião em que Ana Cañas lançava o álbum Volta, lançado pela Som Livre, a artista foi destaque no Estúdio Showlivre. Veja abaixo uma releitura de Rock n’ Roll, do Led Zeppelin, veja abaixo (e veja também o show na íntegra).

Sertanejo: veja dez shows imperdíveis no Estúdio Showlivre

A cantora Thayná Bitencourt, um dos destaques da seleção. Foto: Aline Oliveira

Compilação reúne sucessos de, entre outros, Thayná Bitentcourt, Marcos & Belutti, Rick & Renner, Edson & Hudosn e as Galvão

Postado em 09/11/2018 por

Encarando o desafio de valorizar a história de grandes personagens e ao mesmo tempo dar visibilidade ao novo na música brasileira, ao longo dos últimos 18 anos o Showlivre.com documentou trabalhos autorais de centenas de artistas.

Volume de produção que pode ser constatado no acervo de mais de 23 mil vídeos disponíveis online no canal do Showlivre.com no YouTube, espaço que hoje conta com cerca de 700 mil usuários inscritos diariamente notificados sobre as transmissões online.

Além do compromisso diário de levar ao público da internet “música ao vivo de verdade”, como diz o bordão do Showlivre, a curadoria artística dos programas da casa sempre prezou por representar a diversidade da música brasileira: do samba ao funk, do reggae ao thrash metal, da música eletrônica ao sertanejo, este último, um dos gêneros mais populares do País e tema desta seleção preparada pela redação do Showlivre. Confira abaixo, os dez sucessos “modões” que escolhemos especialmente para você.

Thayná Bitentcourt – Sorte Que Cê Beija Bem (2018)

Marciano – Fio de Cabelo (2015)

Marcos & Belutti – Domingo de Manhã (2014)

Rick e Renner – Ela é Demais (2013)

As Galvão – Beijinho Doce (2013)

Israel & Rodolffo – Marca Evidente (2013)

Edson & Hudson – Foi Você Quem Trouxe (2012)

Zé Henrique & Gabriel – Pela Metade (2012)

João Neto & Frederico – Meu Coração Pede Carona (2011)

Marlon & Maicon – Tudo me Lembra Você (2011)